Friday 20th October 2017,
Veterinário Fernando Ibanez

COMO PREVENIR A ARTROSE EM CÃES E GATOS

admin 05/02/2014 artigos No Comments
COMO PREVENIR A ARTROSE EM CÃES E GATOS

Artrose é o termo utilizado para identificar o desgaste contínuo e progressivo de uma articulação. Quando uma articulação tem artrose, significa que ela já sofreu alterações que podem ser identificadas na radiografia e, mais, que este processo é progressivo e irreversível.

Toda articulação se desgasta com o tempo e é normal que seres em idade avançada apresentem artrose. O fim de toda articulação é a artrose. Assim, nao tem como prevenir artrose; mas podemos adiá-la.

Para entendermos bem como a artrose pode ser prorrogada na vida dos nossos companheiros é interessante conhecer uma articulação e como ela funciona e se desgasta.

As articulações que sofrem artrose são as chamadas articulações sinoviais. Geralmente essas articulações estão presentes entre dois ossos com grande mobilidade entre eles (ossos das pernas traserias, dianteiras, dedos, vértebras, entre outros).

Articulações sinoviais então sempre envolvem dois ou mais ossos. As duas faces dos ossos que ficam em contato uma com a outra são recobertas por uma cartilagem especial que praticamente só é encontrada neste local (chama-se cartilagem hialina). A cartilagem hialina tem características muito especiais, e tem um papel importante na conservação da integridade da articulação. Dependendo do tipo de estímulo a cartilagem hialina pode se reparar ou auto-destruir. A carrilagem hialina tem duas funções principais: lubrificar e manter lisas as superfícies da articulação e distribuis as forcas que recaem na articulação de forma homogênea por toda a superfície.

Imediatamente abaixo da cartilagem hialina ou cartilagem articular, existe um tipo de osso tambem muito especial, o osso subcondral. É um osso bem mole, comparado ao osso normal e tem função de distribuir a força aplicada na articulação durante o movimento por toda a superfície, junto com a cartilagem hialina.

Envolvendo a articulação existe um tecido especial também, chamado de cápsula sinovial ou cápsula articular. A cápsula tem três funções principais: delimitar a articulação; produzir o líquido sinovial (que lubrifica e nutre a articulação) e ajudar na sustentação dos ossos envolvidos na articulação.

A estabilidade da articulação quem faz são os ligamentos; presos nos ossos envolvidos na articulação.

O líquido sinovial só é produzido durante o movimento. Quando os ossos de uma articulação se movimentam a cápsula articular fica tensa e o líquido sinovial é “espremido” para dentro da articulação; assim como uma esponja de lavar louça.

Se alguma parte da cartilagem hialina sofre algum trauma vai haver um sinal para o resto da articulação de que algo está errado. A parte da cartilagem que foi traumatizada inicia um processo de auto destruição e a cartilagem ao redor um processo de reparação. Se a área danificada for pequena e a saudável bem maior que a lesionada, em algum tempo tudo voltará ao normal. Caso a área danificada seja muito grande ou o trauma for contínuo (por exemplo uma articulação torta), sempre vai haver estímulo de destruição e a destruição vai superar a reparação.

Quando a cartilagem perde sua conformação e característica, deixa de ajudar o osso subcondral que passa a receber muito mais impacto sozinho. A resposta do osso subcondral é fortalecer-se, ficar mais duro. Esta resposta faz com que surjam irregularidades no osso subcondral, o que deixa a superfície da articulação rugosa. Isto faz com que o movimento deixe se acontecer entre duas superfícies lisas e aconteça sobre uma superfície rugosa, causando mais dano à cartilagem e mais dano ao osso subcondral.

As lesões na cartilagem e osso subcondral causam dor. Quando há dor, há menos movimentação. Se a articulação se move menos, a cápsula articular produz menos líquido sinovial e a cartilagem mal nutrida tem menos capacidade de regeneração; isro também ajuda o processo a progredir.

Se o paciente se locomove menos tende a engordar; mais gordo, cada vez que se movimenta causa mais trauma na articulação doente. E assim o processo se auto alimenta.

Mas porque todos estamos fadados a ter artrose na velhice? Basicamente porque ao longo de toda a vida as células vão perdendo sua capacidade de arividade e regeneração. Todo o sistema se deteriora com o passar dos anos. Não só as células da articulação; mas tudo envolvido no processo de movimentação: células da musculatura; células do sistema nervoso envolvidas no equilíbrio; células dos nervos que participam dos movimentos e coordenação. Animais velhos se locomovem menos e o poder de regeneração e manutenção da cartilagem articular diminui.

Apesar de todos os velhinhos terem artrose isto não quer dizer que eles devem sofrer de artrose. A artrose é normal de ser encontrada nos velhinhos; mas se houver dor ou desconforto eles têm que ser tratados para que a enfermidade não evolua muito rápido.

E como prevenir a artrose?

Basicamente não há prevenção porque é um processo natural. O que pode ser prevenida é a artrose precoce.

Tem animais jovens com artrose; decorrente de mau alinhamento dos membros, obesidade, falta de atividade física e problemas articulares congênitos ou adquiridos.

A melhor forma de proporcionar articulações de vida longa para nossos companheiros é tratar imediatamente qualquer anormalidade diagnosticada nos membros ou articulações. Mesmo que ele não tenha sintomas agora, mais tarde vai ter; e, depois de instalada, a artrose não tem cura. As principais enfermidades que podem não produzir sintomas durante a vida e culminar com artrose são:

- luxação de patela: comum em animais de raças pequenas e toys, mas também pode aparecer em animais médios e grandes;

- displasia coxo femoral: comum nas raças médias e grandes mas pode ocorrer em animais pequenos como Shi Tzu, Lhasa e Poodle;

- displasia de cotovelo: comum nos labradores, goldens e bulldogues;

- ruptura do ligamento cruzado cranial: pode acometer qualquer animal em qualquer fase da vida.

Ter uma vida saudável, alimentação de boa qualidade e atividade física regular (ver outro artigo), são formas de manter saudáveis as articulações e adiar as dificuldades da artrose.

Dr. Fernando Ibañez

Like this Article? Share it!

About The Author

Leave A Response